Comissão de Ética pode prorrogar trabalhos

O senador Jefferson Peres (PDT-AM) admitiu esta manhã que os trabalhos da comissão do Conselho de Ética poderão ser prorrogados por mais 15 dias. A previsão era de que o relatório preliminar fosse entregue no dia 3 de setembro. Mas, segundo o senador, existe a necessidade de mais tempo para que a comissão, que investiga o envolvimento do senador Jader Barbalho em denúncias de corrupção possa analisar o grande volume de documentos que está à sua disposição.Peres entende também que Barbalho não deveria retornar à presidência do Senado no dia 20 de setembro, quando encerra o seu período de licença, para não atrapalhar as investigações. Além de Barbalho, que prestará depoimento na quarta-feira, a comissão, segundo Peres, poderá ouvir também ex-dirigentes de bancos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.