Comissão de Ética do DF deve notificar três deputados distritais

Os processos por falta de decoro serão abertos contra Leonardo Prudente, Eurides Brito, e Júnior Brunelli

Agência Brasil,

26 de fevereiro de 2010 | 10h17

A Comissão de Ética da Câmara Legislativa do Distrito Federal deve notificar, a partir desta sexta-feira, 26, os três deputados distritais cujos pedidos de cassação foram aceitos na quinta-feira, 25.

 

Veja também:

linkBusca de saída política dificulta intervenção

linkAprovado processo contra deputado da meia

linkArruda pede que Supremo adie julgamento

linkSTF não descarta hipótese de intervenção

especialEntenda a operação Caixa de Pandora

 

Os processos por falta de decoro serão abertos contra Leonardo Prudente (sem partido), Eurides Brito (PMDB), e Júnior Brunelli (PSC). Os três são suspeitos de envolvimento nos escândalos de corrupção revelados pela Operação Caixa de Pandora, desencadeada pela Polícia federal.

 

A Comissão de Ética não aceitou a abertura de processo contra o atual presidente da Casa, Cabo Patrício (PT), e os deputados Rogério Ulysses (sem Partido), Benedito Domingos (PP), Roney Nemer (PMDB), Benício Tavares (PMDB) e Aylton Gomes (PR).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.