Comissão de Ética analisa situação de Palocci

A Comissão de Ética da Presidência da República está reunida desde o início da noite de hoje no Palácio do Planalto e está tratando da situação do ministro-chefe da Casa Civil, Antonio Palocci. Na última reunião realizada no dia 16 de maio, o presidente da Comissão, Sepúlveda Pertence, disse que não havia o que apurar sob a alegação de que a evolução do patrimônio de Palocci ocorreu antes de ele assumir o cargo no governo federal.

TÂNIA MONTEIRO, Agência Estado

06 de junho de 2011 | 19h35

Na época, Sepúlveda reconheceu também que o próprio Palocci procurou-o pessoalmente antes de assumir o cargo no governo e que ele o orientou a mudar a razão do contrato da sua empresa para que não enfrentasse problemas com a Comissão de Ética, no que foi atendido por Palocci. Sepúlveda Pertence não está participando da reunião de hoje.

Tudo o que sabemos sobre:
Palocciministropatrimônio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.