Comissão da Câmara aprova cassação do deputado Natan Donadon

Relatório ainda precisa ser aprovado no plenário da Câmara por maioria absoluta (257 votos) para confirmar a cassação do parlamentar, condenado por peculato e formação de quadrilha

Daiene Cardoso, Agência Estado

21 de agosto de 2013 | 17h05

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou, na tarde desta quarta-feira, 21, parecer do deputado Sérgio Zveiter (PSD-RJ) favorável à cassação do deputado Natan Donadon (sem partido-RO) — condenado por peculato e formação de quadrilha a 13 anos de prisão.

Com 55 deputados presentes à sessão, o relatório de Zveiter foi aprovado por 39 votos. O próximo passo será levar o relatório para votação no plenário da Câmara, onde, para ser aprovado, exigirá maioria absoluta — isto é, 257 deputados favoráveis —, por meio de voto secreto.

Os 16 deputados que votaram contra o relatório nesta quarta-feira na comissão apoiaram um voto em separado do deputado Jutahy Junior (PSDB-BA), que pedia a declaração imediata de perda de mandato por decisão da Mesa Diretora da Câmara. O regimento da Casa prevê que cabe ao plenário decidir se cassa ou não um parlamentar.

O deputado está no presídio da Papuda, em Brasília, desde o dia 28 de junho. Ele pertencia ao PMDB e foi afastado do partido. Donadon foi condenado em última instância pelo Supremo Tribunal Federal (STF) pelo desvio de R$ 8,4 milhões da Assembleia Legislativa de Rondônia, quando era diretor financeiro da instituição.

Tudo o que sabemos sobre:
donadonCCJ

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.