Comissão aprova projeto que susta demarcação no RS

A Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira o projeto de decreto, de autoria do deputado federal Alceu Moreira (PMDB/RS), que susta a demarcação da terra indígena do Mato Preto (RS). Segundo o deputado, a demarcação não atende os requisitos mínimos exigidos pela Constituição, além de conter indícios de fraudes na elaboração dos laudos antropológicos que resultaram no processo demarcatório.

VENILSON FERREIRA, Agência Estado

07 de agosto de 2013 | 16h49

"Querem tirar de suas casas quase 400 famílias de pequenos produtores rurais de Getúlio Vargas, Erebango e Erechim, que têm que pagar advogados com recursos próprios, enquanto do outro lado o governo financia tudo", denuncia Alceu Moreira, que deve integrar a Comissão Especial para tratar da PEC 215, que repassa ao Congresso a decisão sobre as demarcações de novas terras indígenas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.