Comer soja reduz risco de câncer de mama

O consumo de alimentos à base de soja reduz o risco das mulheres contraírem o câncer de mama, segundo uma pesquisa científica divulgada hoje. O informe médico revelou que em países como Japão e China, onde o consumo destes alimentos é muito alto, registra-se o menor índice do mundo de mulheres com câncar mamário.A pesquisa foi elaborada pela organização britânica Câncer Research e pela Universidade Nacional de Singapura. "As mulheres que consomem muitos alimentos à base de soja possuem 60% menos probabilidade de contrair a doença", declarou Stephen Duffy, chefe da pesquisa.Segundo os resultados da pesquisa, os benefícios da soja são provenientes de uma de suas propriedades químicas chamada isoflavone, que imita a ação do hormônio feminino estrógeno, provocando a prolongação do período menstrual feminino."Nosso estudo assinalou, pela primeira vez na história, que existe uma relação direta entre a quantidade de soja que consome uma mulher e a redução do risco de câncer de mana", declarou Duffy. No Reino Unido, 40 mil mulheres recebem diagnóstico de câncer de mama a cada ano e as recentes descobertas poderão ajudar a reduzir o número de mortes e prevenir a enfermidade em mais de 50%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.