Começa sessão sobre privatização da Copel

O presidente da Assembléia Legislativa do Paraná, Hermas Brandão (PTB), abriu, às 15 horas, a sessão que apreciará o projeto de lei para confirmar ou negar autorização ao governo do Estado para privatizar a Copel. O deputado Nelson Justus (PFL), que tinha se licenciado do cargo para assumir a Secretaria Estadual dos Transportes, está de volta à Assembléia. Ele assumiu no lugar de Custódio da Silva (PFL), que se mostrava indeciso sobre seu voto. A oposição está questionando a operação, alegando que a sessão está em andamento desde a terça-feira da semana passada e que, segundo o regimento interno, seria irregular qualquer mudança de deputados sem motivo de força maior. Do lado de fora do prédio, estudantes, sindicalistas e membros do MST estão jogando pedras e paus nos policiais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.