Começa acareação no Senado

O senador Rames Tebet (PMDB-MS) acaba de declarar aberta a sessão da Comissão de Ética do Senado que procederá a acareação entre os senadores José Roberto Arruda (sem partido-DF) e Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA) com a funcionária Regina Borges, sobre a violação do painel eletrônico da Casa. Borges, Magalhães e Arruda têm versões conflitantes sobre de quem foi a iniciativa de realizar a violação, extraindo uma lista com os votos da sessão que cassou o ex-senador Luiz Estevão (PMDB-DF).Os dois senadores dão a entender que Regina Borges teria realizado a violação por contra própria - talvez por um erro de interpretação das palavras de Arruda. Já Regina afirma que recebeu uma ordem de Arruda para extrair a lista, ordem que lhe teruia sido dada em nome de ACM. E Magalhães declara que, se seu nome foi usado no episódio, isso ocorreu sem seu consentimento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.