Comandante confirma caso de suborno na PM do Rio

O comandante geral da Polícia Militar, coronel Wilton Soares Ribeiro, informou que pelo menos nove policiais do 5º Batalhão da PM receberam dinheiro de traficantes do Morro da Providência, na zona norte, para não coibir a venda de drogas no local, conforme foi mostrado em fita gravada pelos bandidos da favela, no ano passado, e exibida ontem à noite pela TV Globo.Eles foram identificados e quatro deles começaram a prestar depoimento hoje mesmo na Corregedoria da corporação, no centro do Rio, segundo Ribeiro. Os demais ainda estão sendo procurados. O comandante afirmou que os policiais são "traidores da corporação". "Prender esses policiais é uma questão de honra absoluta", disse. Ele acrescentou que os envolvidos ficarão presos por 30 dias e, em seguida, serão expulsos da PM.

Agencia Estado,

20 de julho de 2001 | 12h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.