Com Renan e Chinaglia, Lula visita Sarney em SP

Em tratamento fonoaudiológico diário no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva visitou nesta segunda-feira o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), internado no hospital desde sábado (14). Sarney está em recuperação após realizar uma angioplastia para colocação de um stent arterial no coração.

DAIENE CARDOSO, Agência Estado

16 de abril de 2012 | 16h10

Lula foi acompanhado do líder do governo na Câmara, deputado federal Arlindo Chinaglia (PT-SP) e do líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros (AL). A visita durou aproximadamente 20 minutos. Segundo a assessoria de imprensa do hospital, Sarney recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas ainda não deixou o setor. Ainda na tarde desta segunda-feira, o hospital divulgará um novo boletim médico sobre o estado geral do senador.

Hoje, o ex-presidente Lula também divulgou uma mensagem em homenagem ao Dia Mundial da Voz, comemorado nesta segunda-feira (16). No vídeo de quase dois minutos, Lula agradeceu o apoio dos profissionais que o atendem desde o início do tratamento contra o câncer na laringe, descoberto em outubro passado. "Tive muito medo de perder minha voz", admitiu.

O tumor na laringe entrou em remissão completa, mas Lula segue tratamento para normalizar sua voz e deglutição. "Continuo fazendo fonoterapia, pois tenho certeza de que minha voz pode melhorar ainda mais", contou. O petista desejou que todos possam ter a mesma oportunidade que ele teve em seu processo de recuperação. "Espero que todas as pessoas que têm o problema que eu tive possam ter acesso ao mesmo tratamento que eu estou tendo", disse.

Lula vem retomando aos poucos sua agenda de encontros e eventos públicos. No último sábado (14), o ex-presidente participou da inauguração do primeiro Centro Educacional Unificado (CEU) de São Bernardo do Campo. Na tarde desta segunda-feira, Lula se encontra com o presidente da Tanzânia, Jakaya Mrisho Kikwete. O encontro será em um hotel da zona sul de São Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
Sarneysaúde

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.