Ernesto Rodrigues/Estadão
Ernesto Rodrigues/Estadão

Com presença de Bolsonaro, Onyx Lorenzoni se casa em Brasília

Estiveram na cerimônia políticos mais próximos a Onyx e aliados do presidente eleito

Felipe Frazão, O Estado de S.Paulo

23 Novembro 2018 | 09h37

BRASÍLIA - O presidente eleito Jair Bolsonaro participou na noite desta quinta, 22, do casamento do futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, com a assessora parlamentar Denise Veberling, em Brasília. Bolsonaro chegou atrasado à cerimônia, localizada no Clube do Congresso, à beira do Lago Paranoá, e ficou por quase duas horas na festa.

A futura primeira-dama, Michelle Bolsonaro, acompanhou o marido usando um vestido preto. Além deles, participaram poucos políticos mais próximos a Onyx, a maioria do DEM, e o líder do PSL, deputado Eduardo Bolsonaro (SP), filho do presidente. Também foram convidados os parlamentares Magno Malta (PR-ES), Gonzaga Patriota (PSB-PE), Alberto Fraga (DEM-DF), o senador e governador eleito de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), e o futuro ministro da Saúde, deputado Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS).

O noivo Onyx afirmou, ao chegar, que a festa seria para “poucos amigos” e familiares e que na segunda-feira já bateria ponto no Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB), sede do governo de transição. “A gente já fez a lua de mel na semana passada lá em Cambará do Sul”, disse o ministro, que é luterano.

A cerimônia foi celebrada religiosamente pelo bispo Robson Rodovalho, da Igreja Evangélica Sara Nossa Terra. O cerimonial ficou sob a responsabilidade de Luciana Cartaxo. Denise trabalha com o senador Davi Acolumbre (DEM-AP), um dos presentes. Ela entrou no salão com a marcha nupcial sendo executada. Depois, a festa seguiu ao som de trilhas de filmes do personagem James Bond (007), e clássicos da MPB.

Mais conteúdo sobre:
Jair BolsonaroOnyx Lorenzoni

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.