Com jantar, amigos se despedem da ex-ministra Matilde

Quase dois meses depois de deixar o cargo, na esteira do escândalo dos cartões corporativos, a ex-ministra da Igualdade Racial Matilde Ribeiro participou ontem de jantar em churrascaria de Brasília a convite de amigos. Além de despedir-se dela, que voltará para São Paulo, o grupo quis ajudá-la no pagamento de despesas. Ela estaria passando dificuldades financeiras. Fora do ministério, deverá voltar a trabalhar como assistente social.Cada convidado contribuiu com R$ 150 pelo jantar, que reuniu 50 pessoas. Prestigiaram o encontro o sucessor de Matilde no cargo, Edson Santos, e a senadora Ideli Salvatti (PT-SC).Matilde pediu demissão em 1º de fevereiro depois da revelação de irregularidades no uso de seu cartão corporativo. Reportagem do jornal O Estado de S.Paulo de 13 de janeiro mostrou o crescimento dos gastos com os cartões do governo e apontou que Matilde tinha sido a recordista de despesas em 2007. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.