Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Com Floriano Peixoto, governo tem 8 ministros militares; veja quem são

Oito dos 22 cargos com status de ministro na Esplanada são ocupados por militares

Redação, O Estado de S.Paulo

20 de fevereiro de 2019 | 15h00

Com a chegada do general Floriano Peixoto ao cargo de ministro da Secretaria-Geral da Presidência, após a demissão do advogado Gustavo Bebianno, subiu para oito o número de militares com status de ministro no governo Jair Bolsonaro.  

Além dos ministros, o núcleo de apoio ao presidente conta com outros nomes que integraram as Forças Armadas, a começar pelo vice-presidente, o general Hamilton Mourão. Para ser porta-voz da Presidência, o escolhido foi o também general Otávio Rêgo Barros.

Outros militares ocupam postos estratégicos como o ex-comandante do Exército Eduardo Villas Bôas, que hoje assessora o general Augusto Heleno, do Gabinete de Segurança Institucional (GSI). No Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), o escolhido foi o general João Carlos Jesus Corrêa, enquanto a Fundação Nacional do Índio (Funai) está sendo liderada pelo general Franklimberg de Freitas. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.