Com Dilma e Temer fora, Maia reassume Presidência

A presidente Dilma Rousseff viaja amanhã à tarde para Buenos Aires, Argentina, onde vai acompanhar a posse da presidente reeleita Cristina Kirchner. Integram a comitiva brasileira os ministros Fernando Pimentel (Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior), Antonio Patriota (Relações Exteriores), Helena Chagas (Comunicação Social) e o assessor especial Marco Aurélio Garcia.

RAFAEL MORAES MOURA, Agência Estado

08 de dezembro de 2011 | 18h10

A passagem de Dilma pela Argentina será rápida e deve durar menos de 24 horas. A chegada da presidente a Buenos Aires está prevista para as 20 horas de sexta-feira. No sábado, Dilma acompanha a sessão especial de posse de Cristina no Congresso, por volta das 12 horas. Às 15 horas, a presidente vai à Casa Rosada para sessão de fotos e cumprimentos. O retorno ao Brasil deve ocorrer logo depois dessa sessão, com chegada a Brasília prevista para as 20 horas.

O vice-presidente Michel Temer também viaja amanhã para fora do País. Temer vai à Doha, no Catar, participar de encontro do 4º fórum anual da Aliança das Civilizações, iniciativa da ONU que visa a "contribuir para o estreitamento das relações entre sociedades e comunidades de extração cultural e religiosa diversa". São esperadas 2 mil pessoas, entre líderes políticos, empresários e ativistas da sociedade civil. Com a viagem de Dilma à Argentina e de Temer ao Catar, o presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS), volta a assumir a Presidência da República amanhã.

Tudo o que sabemos sobre:
PresidênciaDilmaTemer

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.