Com caixa de hidroxicloroquina na mão, Flávio Bolsonaro afirma estar curado da covid-19

Senador compartilhou foto com o medicamento nas redes sociais, repetindo gesto do pai

Redação, O Estado de S.Paulo

06 de setembro de 2020 | 13h46

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) anunciou neste domingo, 6, que está recuperado do novo coronavírus.  Em publicação em suas redes sociais, o filho do presidente Jair Bolsonaro aparece segurando uma caixa de hidroxicloroquina - remédio sem eficácia comprovada contra a covid-19, mas usado pelo senador no tratamento.

"Estou curado da covid-19, graças a Deus! Tratei, desde os primeiros sintomas, com hidroxicloroquina e azitromicina, com acompanhamento médico! Comigo, já são quase 3,3 milhões de brasileiros recuperados!", escreveu o senador em seu Twitter.

Ao posar com o medicamento, Flávio repete o gesto do pai, que anunciou a recuperação da doença, em julho, mostrando o remédio que usou durante o tratamento. O presidente testou positivo para a covid-19 no começo do mês de julho e ficou em isolamento no Palácio da Alvorada.

Flávio testou positivo para o novo coronavírus no dia 24 de agosto. Por meio de sua assessoria, na época, ele afirmou que iniciou o tratamento com hidroxicloroquina e azitromicina - que também não tem eficácia comprovada. O senador também aderiu ao isolamento social.

Flávio foi o quarto integrante da família presidencial a contrair a doença. Além do próprio Bolsonaro, a primeira-dama, Michelle, e o filho mais novo, Jair Renan, também foram diagnosticados com covid-19.  Nenhum deles informou ter sofrido complicações da doença.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.