Collor pretende propor implantação do parlamentarismo

O ex-presidente da República Fernando Collor de Mello, que tomou posse nesta quinta-feira como senador do PRTB por Alagoas, anunciou que apresentará uma proposta para implantar o parlamentarismo no País. Collor foi aplaudido por admiradores no auditório Petrônio Portela, no Senado.O ex-presidente definiu a reforma política como "a mãe de todas as reformas" e disse que, até o final de março, terá concluído uma proposta de modificação do regime político do País. De acordo com ele, o parlamentarismo "é o melhor que há".A sessão desta quinta-feira marcou o retorno de Collor à política, 14 anos após seu afastamento do Planalto, por meio de um processo de impeachment. No percurso do plenário ao auditório, ele foi acompanhado por um grupo de admiradores. Entre eles, estavam 25 padres, dois bispos e três diáconos da Igreja Católica de Alagoas. Alguns presentes na sessão disseram a Collor que votariam nele sempre que ele se candidatasse. Os religiosos que acompanhavam o ex-presidente afirmaram estar ali para prestigiar a posse do novo senador, em reconhecimento aos trabalhos sociais que ele teria desenvolvido no interior de Alagoas.Os três filhos de Collor - James, Arnon e Joaquim - também acompanharam o pai nesta quinta-feira. O ex-presidente disse que se sente "muito bem, muito feliz e muito ansioso para começar logo a trabalhar".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.