Coligação de Dilma muda resumo de programa no TSE

O advogado da coligação "Para o Brasil Seguir Mudando", Sidney Neves, protocolou nesta noite no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) um novo resumo do programa de governo da candidata petista à Presidência da República, Dilma Rousseff. Segundo Neves, o programa protocolado mais cedo, por equívoco, era apenas uma proposta aprovada no Congresso do PT, realizado em 4 de fevereiro passado.

VANNILDO MENDES, Agência Estado

05 Julho 2010 | 19h47

O novo programa, protocolado agora, já contempla uma visão mais abrangente, com sugestões do PMDB, mas ainda é provisório. "Mais adiante, o programa será concluído e receberá o acréscimo de sugestões de todos os partidos da frente", disse o advogado. O novo programa deve ser disponibilizado no site da candidata na internet (www.dilmanaweb.com.br) ainda hoje, segundo informações de Neves.

O resumo de programa protocolado mais cedo, quando foi registrada a candidatura de Dilma junto ao TSE, faz defesa de propostas polêmicas, como controle da mídia, taxação de grandes fortunas e revogação do ato de governo que retira da lista de assentados aqueles que participarem de invasões de terra.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.