CNT/MDA: Avaliação positiva do governo fica em 33,1%

Os porcentuais de avaliação positiva e negativa variavam dentro da margem de erro do último levantamento, feito há duas semanas

RICARDO BRITO, Estadão Conteúdo

27 de agosto de 2014 | 11h25

A avaliação positiva do governo Dilma Rousseff, segundo a pesquisa MDA, divulgada nesta quarta-feira, 27, pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), ficou em 33,1%. A avaliação negativa foi de 28,8% e a regular, 37,4%. Os porcentuais variavam dentro da margem de erro do último levantamento, feito há duas semanas, quando a avaliação positiva era 33,2%, a negativa 28,9% e a regular 37,1%.

Em abril, no último levantamento do instituto feito antes do período eleitoral, a avaliação positiva era de 32,9%, a negativa, 30,6%, e a regular 35,9%.

Por sua vez, a aprovação e a desaprovação pessoal da presidente ficaram empatadas em 47,4% - o restante dos entrevistados não souberam ou não responderam a sondagem. Nesse quesito, os resultados também ficaram dentro da margem de erro da última pesquisa, de suas semanas atrás.

Em abril, Dilma tinha 47,9% de aprovação pessoal e 47,6% de desaprovação pessoal - margem dentro da margem de erro do levantamento.

Foram entrevistadas 2.002 pessoas, em 137 municípios de 24 unidades da federação das cinco regiões, entre os dias 21 e 24 de agosto de 2014. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Mais conteúdo sobre:
eleiçõesCNTMDADilma Rousseff

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.