CNMP deve examinar à tarde parecer contra Bandarra

O presidente do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e procurador-geral da República, Roberto Gurgel, marcou para o início da tarde o julgamento do parecer da comissão de sindicância que apurou supostas falhas funcionais contra o procurador-geral de Justiça do Distrito Federal, Leonardo Bandarra, e a promotora de Justiça Deborah Guerner. O Conselho iniciou a reunião às 9 horas para examinar 97 processos. O processo referente aos representantes do Ministério Público do DF será o quinto de hoje, por pedido de preferência.

ROSA COSTA, Agência Estado

07 de junho de 2010 | 12h39

Bandarra e Deborah Guerner são acusados por Durval Barbosa, ex-secretário de Relações Institucionais do DF e principal delator da Operação Caixa de Pandora da Polícia Federal, de receber propina para facilitar irregularidades e de tentar atrapalhar as investigações.

Tudo o que sabemos sobre:
mensalãoDEMCNMPBandarra

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.