CNJ investiga juízes de tribunal

Pelo menos 12 juízes e desembargadores do Tribunal de Justiça de Mato Grosso estão na lista de investigações do Conselho Nacional de Justiça. Acompanhado de quatro técnicos, o juiz auxiliar do CNJ, Ricardo Chimentti, deve ficar até amanhã em Cuiabá. Ao final da correição será elaborado um relatório que apontará todas as irregularidades de gestões passadas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.