CNJ cria fórum para conflitos fundiários

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) criou um fórum permanente para monitorar os conflitos fundiários rurais e urbanos. É uma resposta às recentes invasões do Movimento dos Sem-Terra (MST) em fazendas de São Paulo e Pará. O órgão vai acompanhar ações judiciais de desapropriação de terras para reforma agrária e relativas ao domínio e a posse de imóveis resultante da ocupação desordenada de área urbana ou rural e processos sobre suspeitas de prática de trabalho escravo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.