CNI/Ibope: em 2º turno, Dilma teria 55% e Serra, 32%

A candidata do PT à Presidência da Republica, Dilma Rousseff, receberia 55% das intenções de voto no segundo turno contra o candidato do PSDB, José Serra, que receberia 32% dos votos. Em junho, esta diferença estava em 45% para a candidata petista e 38% para o tucano e, em março, em 39% e 44%, respectivamente. Nessa simulação, 7% do eleitorado disse que votaria em branco ou anularia sua participação na eleição, enquanto 5% não soube ou não quis responder. Os dados são da pesquisa CNI/Ibope, divulgada nesta manhã.

CÉLIA FROUFE, Agência Estado

29 de setembro de 2010 | 10h37

No caso de um segundo pleito apenas entre mulheres, Dilma receberia 56% dos votos contra 29% da candidata do PV, Marina Silva. Em junho, Dilma receberia 53% dos votos contra 19% de Marina e, em março, 48% e 17%, respectivamente. Nesta simulação, 8% do eleitorado votaria em branco ou anularia sua participação na eleição. Um total de 6% dos entrevistados não souberam ou não quiseram responder à pesquisa.

A terceira simulação apresentada pela CNI/Ibope para os eleitores leva em consideração a disputa entre Marina e Serra. Enquanto ele receberia 43% das intenções de voto, ela teria 35%. Em junho, Serra teria 49% do eleitorado contra 22% de Marina. Em março, Serra recebia 55% das intenções contra 17% de Marina. O levantamento apontou que 12% dos eleitores votariam em branco ou anulariam seu voto e 9% não souberam ou não quiseram responder.

Os outros dados da pesquisa, como a avaliação do desempenho da administração federal, serão divulgados somente amanhã. A pesquisa, registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número 33162/2010, foi realizada entre os dias 25 e 27 deste mês com 3.010 pessoas em 191 municípios.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.