CNI/Ibope: Dilma chega a 44% em pesquisa espontânea

A Confederação Nacional da Indústria/Ibope divulgou nesta manhã sua última pesquisa de intenção de voto para a Presidência da República. Na pesquisa espontânea, Dilma tem 44% das intenções de voto - o dobro do verificado na pesquisa de junho (22%) e 30 pontos acima do levantamento realizado em março (14%). O candidato do PSDB, José Serra, também registrou aumento do número das intenções de voto, passando de 10% na pesquisa de março, para 16% em junho e 21% agora, em setembro.

CÉLIA FROUFE, Agência Estado

29 de setembro de 2010 | 10h08

A candidata Marina Silva (PV) passou de 1% das intenções de voto para 3% em junho e 10% em setembro, segundo o mesmo levantamento da CNI/Ibope. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, apesar de não ser candidato, também foi citado na pesquisa espontânea e passou de 20% das intenções de voto em março para 9% em junho e 1% em setembro.

Os outros candidatos receberam menos de 1% da intenção de votos. O total de brancos e nulos passou de 7% nas duas últimas pesquisas para 5% agora. Um total de 18% dos eleitores consultados revelou que não sabia em quem votar ou não quis responder à pesquisa. Em março, esta fatia estava em 42% e, em junho, em 40%.

Os outros dados da pesquisa, como a avaliação do desempenho da administração federal, serão divulgados somente amanhã. A pesquisa, registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TSE) com o número 33162/2010, foi realizada entre os dias 25 e 27 deste mês com 3.010 pessoas em 191 municípios.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.