CNBB lança campanha pró-idosos no Santuário de Aparecida

A Campanha da Fraternidade deste ano foi lançada nesta quarta-feira, no Santuário Nacional de Aparecida, em Aparecida, no Vale do Paraíba.Desenvolvida pela Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), a campanhaescolheu os idosos como tema central, para desenvolver as atividades durante o ano em todas as igrejas católicas do País.A cerimônia realizada na manhã desta quarta-feira foi celebrada pelo arcebispo Dom Aloísio Lorscheider e assistida por grupos de idosos. No início da celebração, um grupo de pessoas com mais de 60 anos representou os idosos de todo País, que, na opinião do arcebispo, ?estão em uma situação preocupante?.Segundo Lorscheider, a visão que a sociedade tem dos mais velhos é desfavorável. ?Os velhos são sempre colocados de lado e é preciso mudar este preconceito.? O arcebispo questionou as condições em que os idosos são obrigados a viver no país e disse que a campanha quer conscientizaro governo e os jovens, ?os futuros velhos?.?O que será dos idosos em 20 anos? Como estarão com relação à própria vida, ao trabalho, à previdência? É preciso prevenir para não remediar? afirmou Lorscheider. Neste ano, o tema da campanha é "Fraternidade e Pessoas Idosas" e defende a qualidade de vida, a esperança e a dignidade para os de mais de 60 anos.?A terceira idade, a quarta idade, precisam ser valorizadas. Hoje no país o velho não tem vez?, afirmou o arcebispo. O tema foi escolhido há dois anos, depois do último levantamento realizado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), onde os idosos totalizam 8,5% dapopulação brasileira.Atualmente, cerca de 15 milhões de pessoas com mais de 60 anos vivem no país. O IBGE calcula que, nos próximos 20 anos, essa porcentual suba para 20%. A campanha pretende envolver escolas, associações de bairro, comunidades católicas e instituições para o desenvolvimento de um trabalho educativo que reverta o atual processo social, que tira do idoso a dignidade e o convívio social.Segundo o arcebispo, a campanha quer alertar os jovens principalmente, para que aprendam a valorizar o idoso e se preocupem com a própria saúde. ?Precisamos alertar o jovem para que cuide da sua saúde, pois assim terá uma velhice mais saudável, com mais qualidade.? Crianças e jovens também participaram da missa de lançamento dacampanha, no Santuário Nacional. Com rosas e balões coloridos eles homenagearam os idosos presentes à missa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.