CNBB: Congresso deve investigar Jader e ACM

Nesta quinta-feira, o presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), d.Jayme Chemello, declarou que o Congresso tem ?a obrigação de limpar a sua barra?, investigando todas as denúncias envolvendo o ex-presidente do Senado, Antonio Carlos Magalhães, e seu sucessor, o senador Jader Barbalho (PMDB-PA). Chemello defendeu, ainda, que as acusações sejam apuradas também pelo Supremo Tribunal Federal (STF). O bispo assegurou que a CNBB apóia o Congresso, caso ele decida criar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar os fatos divulgados sobre ACM e Jader.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.