Clodovil morre aos 71 anos

Velório será na Assembleia e enterro no cemitério do Morumbi

Vannildo Mendes, BRASÍLIA, O Estadao de S.Paulo

18 de março de 2009 | 00h00

Vítima de acidente vascular cerebral (AVC), morreu ontem o deputado Clodovil Hernandes (PR-SP), de 71 anos. Ele teve morte cerebral diagnosticada às 15h15 pelo Hospital Santa Lúcia, onde estava internado desde a manhã de segunda-feira. O corpo do parlamentar será levado hoje de manhã em avião da Força Aérea Brasileira (FAB) para São Paulo. Ele será velado a partir das 11h30, na Assembleia Legislativa. Linha do tempo traz a trajetória do ex-estilista e deputado O sepultamento está marcado para o fim da tarde, no cemitério do Morumbi, segundo informou o líder do PR na Câmara, Sandro Mabel (GO), designado pelo partido para as providências do funeral. O suplente Jairo Paes Lira, do PTC de São Paulo, assumirá a vaga do deputado.Clodovil passou mal na madrugada de segunda-feira e foi socorrido por uma equipe do Departamento Médico da Câmara pouco depois das 7 horas, após ser encontrado desmaiado, em seu apartamento em Brasília. Na ausência de familiares, a doação de órgãos do parlamentar foi autorizada pela Promotoria de Justiça, após o consentimento de assessores e pessoas próximas a ele. Os órgãos, porém, não puderam ser aproveitados.No hospital, onde chegou por volta das 8 horas, o deputado foi submetido a drenagem de sangue do cérebro. Mas seu estado de saúde se agravou, ainda na segunda-feira, após parada cardiorrespiratória. Clodovil entrou em coma profundo e os médicos advertiram que sua situação era extremamente complicada, pois já trazia sequelas de um AVC sofrido em 2007. Pela manhã, a equipe médica já dizia que o quadro clínico era de "extrema gravidade". Clodovil passou por exames que detectaram a morte cerebral. No primeiro, o resultado foi inconclusivo, mas a situação se agravou. Às 19 horas, o coração do deputado parou de bater e ele foi oficialmente declarado morto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.