Clima tenso marca eleição no Guarujá-SP

Até as 20 horas de hoje será conhecido o nome do novo prefeito de Guarujá, única cidade do litoral e uma das 12 cidades do Estado de São Paulo com eleições no segundo turno. O embate desta vez é entre a atual prefeita Maria Antonieta de Brito (PMDB) e o ex-prefeito Farid Madi (PDT), que tiveram uma campanha bastante tumultuada, com denúncias de ambos os lados.

ZULEIDE DE BARROS, Agência Estado

28 de outubro de 2012 | 13h18

Diante do clima de guerra, a OAB de Guarujá chegou a propor um pedido de reforço policial, por parte das tropas federais, solicitação que não foi atendida, com a garantia da Justiça Eleitoral do município de que não haveria necessidade.

O clima era tenso até a tarde de sábado, razão pela qual o juiz da 212ª Zona Eleitoral, Rodrigo Barbosa Sales, veio a público anunciar que as eleições seriam realizadas de qualquer forma e que nem um dos candidatos havia renunciado, como chegou a ser comentado na cidade. O colégio eleitoral de Guarujá é composto por 219.211 eleitores, distribuídos em 63 locais de votação, compostos por 603 seções eleitorais.

De acordo com pesquisa de intenção de voto, realizada pelo Ibope, a pedido do Sistema A Tribuna de Comunicação, a atual prefeita Maria Antonieta de Brito (PMDB) deverá ser reeleita, já que apresenta 54% de preferência dos eleitores. Seu opositor, o ex-prefeito Farid Madi (PDT), aparece com 37% das intenções de voto. No levantamento realizado no último dia 17, Antonieta aparecia com 60% de preferência, contra 32% de Farid.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.