Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Clima de violência faz Ipojuca pedir tropas em eleições

O prefeito do município metropolitano de Ipojuca (PE), Pedro Serafim (PDT), pediu nesta terça ao Tribunal Regional Eleitoral do Estado (TRE-PE), o envio de tropas federais para assegurar a normalidade na cidade nessas duas últimas semanas que antecedem as eleições.

ANGELA LACERDA, Agência Estado

25 de setembro de 2012 | 19h57

Segundo Serafim, Ipojuca não conta com aparato policial suficiente para garantir a segurança e o clima local que, ao seu ver, está muito acirrado. "Nos últimos dias foram feitos vários registros de violência, tais como perseguição a militantes por motoqueiros, lançamento de panfletos difamatórios apócrifos, ameaças de morte, brigas e até disparos de armas de fogo", informou a assessoria do prefeito através de nota.

A prefeitura é disputada por quatro candidatos: Romero Sales (PMDB), que tem o apoio de Serafim, o ex-prefeito e deputado estadual Carlos Santana (PSDB), o ex-promotor do Ministério Público estadual, Miguel Sales (PR) e o deputado federal Pedro Eugênio (PT).

"Como prefeito da cidade, não me restou alternativa a não ser pedir mais proteção para o povo", justificou o prefeito. "A população tem que se sentir à vontade para votar e o clima de insegurança, além de ser ruim para todos, pode manchar as eleições na cidade". O TRE-PE irá avaliar o pedido.

Tudo o que sabemos sobre:
eleições 2012Ipojucatropas federais

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.