Clésio Andrade se licencia da CNT e mira governo de MG

O senador Clésio Andrade (PMDB) se licenciou nesta sexta-feira da presidência da Confederação Nacional do Transporte (CNT) para concorrer ao Governo de Minas Gerais. A pré-candidatura de Andrade atende à parte da base do partido no Estado e, agora, o senador levará seu nome para a convenção regional, que acontece em junho. Ele antecipou que, licenciado, percorrerá todas as regiões de Minas, mostrando suas propostas e confirmou que a legenda quer disputar a sucessão do governo, em outubro, com candidato próprio.

ALEX CAPELLA, ESPECIAL PARA AE, Agência Estado

04 de abril de 2014 | 18h01

Com a manobra, o filho do ex-vice-presidente José Alencar, Josué Alencar, e o ex-ministro Hélio Costa, com menos chances, surgem como nomes dentro do PMDB para a disputa pelo Senado. A pré-candidatura de Andrade ao Governo de Minas já tinha sido anunciada em fevereiro, mas a decisão final do PMDB, que pode até mesmo se coligar ao PT, indicando o nome do vice-governador de Fernando Pimentel (PT), só será anunciada após as convenções.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.