Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Citigroup inaugura sua universidade no Brasil

O grupo financeiro norte-americano Citigroup inaugurou nesta segunda-feira uma universidade em Araçiguama, interior de São Paulo, com capacidade para receber cerca de 250 pessoas em salas de aula, em 100 cursos diferentes. A instituição informou que investiu US$ 1 milhão no projeto, que objetiva treinar e capacitar em um primeiro momento os funcionários do banco. "Não eliminamos a possibilidade de oferecer esse serviço ao mercado, mas antes de tudo, pretendemos consolidá-lo na instituição", informou o diretor corporativo de RH do Citibank, Délcio Klein.Segundo ele, os cursos serão ministrados por executivos do banco e por professores acadêmicos das principais universidades e institutos do País, e estrangeiros. O custo da diária de cada aluno é de US$ 50, incluindo a hospedagem oferecida na própria universidade. As atividades serão realizadas em módulos de duração média de 15 dias."Iniciamos na semana que vem, com os temas de gerenciamento de risco e vendas, que serão ministrados para 24 pessoas", informou o diretor de Treinamento e Desenvolvimento do Citibank, Juliano R. Marcílio. Formado em Administração de Empresas pela PUC-SP, o executivo tem apenas 29 anos. Foi um dos trainee privilegiados do banco, escolhido para trabalhar em várias cidades do mundo, como Nova York, México e Milão, lugares onde passou mais de três anos. Há dois, assumiu o cargo atual.Klein, que trabalha há 34 anos no Citibank, destaca que 86% dos funcionários do Citibank têm nível universitário com grande potencial de transferência de conhecimento. "Já estamos neste processo formativo há anos, mas com a experiência acumulada nos 102 países onde estamos, especificamente no nosso centro de formação da Flórida (EUA), queremos alavancar este sistema no Brasil, tendo em vista o Cone Sul", disse.O executivo também analisou que desde a crise de 89-92, poucas empresas investiram de forma significativa em RH. "Nosso banco acredita no Brasil e quer continuar sendo reconhecido pela excelência da qualidade de seus produtos e pelo comprometimento com o desenvolvimento do Brasil."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.