Ciro quer Denise Frossard como candidata ao governo do Rio

A filiação da deputada federal Denise Frossard ao PPS reuniu nesta manhã os dois líderes de correntes antagônicas do partido, o governista Ciro Gomes, ministro da Integração Nacional; e o oposicionista Roberto Freire, deputado federal e presidente nacional do partido. Ao chegar à sede da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) Ciro evitou falar sobre as divergências internas e preferiu defender o nome de Denise Frossard como candidata ao governo do Estado do Rio em 2006. "Ela é um dos quadros mais qualificados da política brasileira. O Rio de Janeiro vive um drama e a sociedade brasileira inteira se comove com ele. Se o PPS puder ser para a deputada uma oportunidade para que ela sirva ao Brasil dando ao Rio o que o Rio precisa, será uma contribuição histórica", disse o ministro. Já Roberto Freire, que chegou 15 minutos antes, afirmou que Ciro Gomes vive "um isolamento" dentro do PPS desde que passou a integrar o governo Lula. Uma reunião da executiva nacional do PPS no dia 11 de dezembro decidirá se o partido mantém ou não os cargos no governo federal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.