Ciro perde por aliar-se ao PTB, diz pesquisa

A redução do porcentual de intenção de voto no ex-ministro da Fazenda e atual presidenciável do PPS, Ciro Gomes, na pesquisa CNI-Ibope, é atribuída pelo cientista político Ney Figueiredo à aliança feita por ele com o PTB. "Essa aliança não foi bem aceita até pelo próprio partido de Ciro", afirmou Figueiredo, consultor da CNI. Para ele, a aliança de Ciro com o PTB teve apenas o objetivo de conquistar mais espaço nos programas eleitorais gratuitos de TV, o que "comprometeu a coerência do discurso de Ciro Gomes". Ciro é comparado a CollorFigueiredo ressaltou que essa corrida por uma espaço maior na TV reforça a comparação já feita entre Ciro Gomes e o ex-presidente da República Fernando Collor.Na pesquisa CNI-Ibope realizada em março, Ciro tinha 17% das intenções de voto, e agora, em junho, seu índice caiu para 13%.Apesar da queda, o ex-ministro mantém-se no segundo lugar, atrás do presidenciável do PT, Luiz Inácio Lula da Silva - que tem 28% -, mas empatado tecnicamente com os governadores Itamar Franco (PMDB), de Minas Gerais, e Anthony Garotinho (PSB), do Rio de Janeiro, ambos com 12% das intenções.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.