Ciro muda discurso e admite candidatura em SP; leia as frases

A indicação de que o deputado federal Ciro Gomes (PSB-SP) poderá desistir da disputa pelo Palácio do Planalto, nas eleições de outubro, para atender aos apelos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que prefere sua candidatura ao governo de São Paulo, pode ser identificada na mudança de tom do presidenciável socialista. O estadao.com.br reuniu as últimas declarações de Ciro sobre o assunto.

estadao.com.br,

24 Fevereiro 2010 | 20h00

 

Veja Também

linkCiro dá sinais de que pode concorrer ao governo de SP

blog TOLEDO: Ciro espera Serra, que espera Dilma, que espera votos

 

 

Entrevista ao Estado, em 2 de fevereiro.

"O PSDB e o PT querem que eu retire a minha candidatura. Algum dos dois está errado. A única pessoa que está certa de querer tirar a minha candidatura é o Serra. Significa que o santo Lula nesse assunto está errado"

 

"Não trato o Lula como um mito. Trato como líder político. O Lula me fez um apelo para transferir o título para São Paulo. Alegou que isso ajudaria a arrumar o quadro lá. Não sou candidato ao governo de São Paulo e falei isso para o Lula. Mantenho a minha candidatura à Presidência da República."

 

"Mantenho a minha candidatura à Presidência da República".

 

Em nova entrevista ao Estado, no dia 6 de fevereiro.

"Eu estou dizendo que topo, mesmo isolado. Para mim é um imperativo moral. Se amanhã o meu partido me exonerar desse imperativo, também estou satisfeito, estou com a vida ganha. Não acho que eu seja indispensável para o País",

 

Após reunião com líderes aliados nesta quarta-feira, 23 de fevereiro.

 

"Eu estou decidido, mas só o tempo vai dizer se minha decisão (de ser candidato à sucessão de Lula) vai se manter ou se serviremos o País deslocando a candidatura para São Paulo"

 

"De repente, o projeto nacional que o presidente Lula representa precisaria ter como uma engrenagem modesta que eu aceitasse esse desafio (disputar São Paulo). Nesse caso, a serviço do Brasil, a serviço dessa fração de São Paulo eu não titubearia em ir"

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.