Ciro Gomes vai virar comentarista de afiliada da Record

Depois de ter a candidatura à Presidência da República descartada e ficar fora da disputa eleitoral deste ano, o deputado federal Ciro Gomes (PSB-SP) vai virar comentarista político da TV Cidade (afiliada da Rede Record), de Fortaleza . Ele aceitou o convite feito pelo presidente da emissora, Miguel Dias.

CARMEN POMPEU, Agência Estado

23 Julho 2010 | 18h03

A nova atividade do político foi anunciada ontem à noite, durante a apresentação do Jornal da Cidade. Em entrevista por telefone, Ciro voltou a falar da mágoa e do constrangimento pelos quais passou ao ver sua candidatura rifada, mesmo tendo mudado o domicílio eleitoral do Ceará para São Paulo. Mas reassumiu o compromisso de apoiar a presidenciável do PT, Dilma Rousseff.

Os comentários de Ciro Gomes irão durar de dois a três minutos e deverão ser veiculados duas ou três vezes por semana. Ciro disse que vai falar de assuntos gerais. "Não vou ficar me metendo em ''politiquinha'', isso não me importa", explicou. Ele falou que comentará sobre economia brasileira, violência, drogas e ecologia, "problemas que estão me incomodando", apontou.

Ciro disse ter ficado "felicíssimo" com "a oportunidade de repartir suas opiniões e estudos com o povo do Ceará". E terminou, em tom de brincadeira, a entrevista: "Quem sabe eu largo o ramo (da política) e viro um âncora de um programa".

O presidente da TV Cidade, Miguel Dias, ocupa a segunda suplência na candidatura do deputado federal Eunício Oliveira (PMDB) ao Senado. Oliveira integra a chapa encabeçada pelo governador Cid Gomes (PSB), candidato à reeleição e irmão de Ciro, que é o coordenador político da campanha.

Mais conteúdo sobre:
eleição Ciro Gomes comentarista Record

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.