Ciro Gomes elogia plano de Cavallo

O ex-ministro da Fazenda e candidato à presidência da República pelo PPS, Ciro Gomes, comemorou neste sábado as medidas adotadas pelo ministro da Economia da Argentina, Domingo Cavallo, para estimular o consumo interno em seu País.Para Ciro, a iniciativa de estabelecer um câmbio para as exportações e outro para as importações é acertada. O candidato observou, no entanto, que a médio prazo a Argentina será obrigada a desvalorizar o peso.?A Argentina tem um passivo tanto público como privado indexado ao dólar que recomenda muito tato, muita prudência no passo da desvalorização, que, a médio prazo, será necessária para que o país tenha competitividade e volte a crescer?, disse Ciro.Mas ele descartou que o câmbio diferente para exportações e importações seja o primeiro passo para a criação de uma cesta de moedas a fim de arcar com a desvalorização do peso, hoje indexado ao dólar.?A transição é muito delicada?, afirmou o ex-ministro, ao argumentar que o Brasil precisa ?ter uma postura de colaboração com a Argentina?.Segundo Ciro, ele próprio já havia proposto um câmbio diferente para as importações. ?Mas os ortodoxos aqui diziam que isso não eram praticável?, lembrou o candidato do PPS.?O Cavallo agora vai dar um exemplo de uma teoria que vamos ver se funciona na prática?, disse Ciro, que esteve neste sábado em Brasília para participar da convenção nacional do PTB, partido que decidiu apoiar sua candidatura à presidência da República.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.