Ciro Gomes é contra o Pros e acena com filiação no PDT

Um bloco cearense que chega perto de 500 políticos está entre o PSD, PP, PDT, PC do B e Pros. É o maior capital político do Estado que deixa o PSB e parte rumo a um partido que se alinhe à tentativa de reeleição da presidente Dilma Rousseff em 2014. O mais resistente a ida do blocão dos Ferreira Gomes para o Pros é o secretário cearense da Saúde, Ciro Gomes.

LAURIBERTO BRAGA, Agência Estado

27 de setembro de 2013 | 11h13

"A realidade cearense não condiz com a ideologia do partido, que tem uma tendência conservadora", diz Ciro que acena com a ida para o PDT, onde já está sua ex-mulher, Patrícia Saboya. O mesmo pensamento tem o secretário fortalezense de Educação, Ivo Gomes, irmão de Ciro.

Já o governador Cid Gomes afirma que vai conversar com os cinco partidos que ofereceram guarida ao grupo. "Vamos buscar um partido que nos atenue a perda de mandatos de prefeitos, deputados e vereadores. O próprio presidente do PSB, Eduardo Campos, assumiu o compromisso de que dará uma declaração de que a saída coletiva desse grupo aqui do Ceará não representa um ato de infidelidade partidária. Por isso vamos ter a gentileza de conversar neste final de semana com os líderes dos cinco partidos que nos ofereceram acento para tomarmos uma decisão e anunciar na próxima terça-feira", declarou Cid já na madrugada desta sexta-feira, quando terminar a reunião do seu grupo, em Fortaleza.

Para Cid, o grupo deve ir para um partido com ideologia parecida com o PSB. "Há uma preocupação de manter nossa mesma ideologia, a social democracia", destacou.

Para o deputado federal Antonio Balhmann a tendência natural seria a ida para o PROS. "mas vai depender de muitas conversas que teremos neste final de semana, mas essa é a tendência".O grupo de Cid tem 38 prefeitos, dezenas de vereadores, quatro deputados federais e nove deputados.

Tudo o que sabemos sobre:
novos partidosCiro Gomes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.