Ciro e Aécio usam dia para agenda fora de casa

Potenciais candidatos à Presidência da República em 2010, o governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), e o deputado Ciro Gomes (PSB-CE) tiraram o dia ontem para fazer visitas fora de suas bases eleitorais. Aécio esteve em Aracaju, Sergipe, onde se reuniu com lideranças do PSDB no Estado. Ciro participou em Teresina, Piauí, de um congresso médico e depois foi a um encontro com políticos do PSB local. Ambos reafirmaram estar dispostos a disputar a eleição presidencial do ano que vem. "Farei isso com entusiasmo", garantiu Aécio, após reunião com líderes tucanos em Sergipe. "Na conversa, como as pessoas fazem, conversam aqui e contam ali, o que é especulação, às vezes parece plano. Tem cogitação do governo de São Paulo, mas não é o que eu desejo. Eu desejo ser candidato a presidente da República", disse Ciro.Os pré-candidatos exploraram ontem a crise interna pela qual passa o PT para fortalecer o discurso de suas candidaturas para 2010. Aécio disse que o PT não tem mais um projeto de País, e sim um projeto de poder. O mineiro disputa com o governador de São Paulo, José Serra, a vaga de presidenciável pelo PSDB. Embora apareça com baixos porcentuais nas pesquisas - em torno de 20% - , o governador diz que o fato não o abate. "Na campanha eleitoral o mais importante é a chegada e não a largada", afirmou.CONTRADIÇÃOEm Teresina, Ciro criticou a aliança petista com o PMDB. "O PT está em contradição. Sempre cultivou a ética e agora tem de engolir, com casca e tudo, o que há de pior na política brasileira", alfinetou, referindo-se ao apoio decisivo do partido para impedir no Senado investigações contra o presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP). O governador Serra, outro nome cotado para disputar a Presidência, esteve ontem no interior de São Paulo para inaugurar obras e não comentou assuntos eleitorais.

Antonio Carlos Garcia, Luciano Coelho e Sandro Vilar, O Estadao de S.Paulo

22 de agosto de 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.