Ciro dá aval e PT prepara candidatura de Mercadante

O deputado Ciro Gomes (PSB) avisou ao PT que não vai concorrer ao governo paulista e liberou o partido para trabalhar a candidatura do senador Aloizio Mercadante ao Palácio dos Bandeirantes. A resposta negativa ao convite feito pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi dada ao líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza, na quarta-feira.

AE, Agencia Estado

13 de março de 2010 | 12h33

"Conversei com o Ciro e ele disse que não será mesmo candidato em São Paulo e liberou partidos aliados a buscarem suas alternativas para a disputa", afirmou Vaccarezza, confirmando a já esperada indicação de Mercadante para o posto. "Em São Paulo, temos várias opções. Mas o Mercadante é o nome preferido do presidente Lula", completou.

O senador foi escalado por Lula como plano B para a disputa em São Paulo no fim de janeiro, durante reunião improvisada em uma casa no Lago Sul, em Brasília, em meio às gravações de um vídeo para o aniversário de 30 anos do PT. Na ocasião, Lula e dirigentes petistas tentavam convencer Mercadante a abrir mão de seu plano de disputar a reeleição ao Senado. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.