Círio de Nazaré atrai 2 milhões de fiéis

A romaria do Círio de Nazaré durou cinco horas e meia e reuniu nas ruas centrais de Belém cerca de 2 milhões de católicos, segundo estimativa da Polícia Militar. Milhares de romeiros do interior da Amazônia, de outros estados do País e até do exterior acompanharam a berlinda com a imagem de Nossa Senhora de Nazaré, pagando promessas por graças alcançadas. O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, enviou mensagem às autoridades governamentais e eclesiásticas do Pará, afirmando que a festa religiosa em homenagem à padroeira dos paraenses é um exemplo marcante de fé e devoção. "O Brasil precisa cada vez mais desta fé para fortalecer a nossa caminhada e peço a todos vocês que rezem por nós, pelo nosso País e pela paz no mundo". Pessoas desmaiadas que não suportaram o calor de 38 graus, promesseiros descalços e com os pés feridos foram atendidos por sete mil voluntários da Cruz Vermelha e Defesa Civil. Uma greve de médicos da prefeitura de Belém prejudicou o atendimento nos dois principais pronto socorros da cidade. Somente os casos em que havia risco de morte eram atendidos.

Agencia Estado,

12 Outubro 2003 | 16h48

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.