Cinco Estados aparecem sem representantes no estudo

Cinco Estados brasileiros não têm representantes entre os 100 parlamentares mais influentes, segundo classificação do Diap feita em 2007. São eles: Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Piauí e Sergipe."É uma demonstração de desprestígio para a Unidade da Federação não ter um único representante entre os 100 parlamentares mais influentes do País", opinou o diretor do Diap, Antônio Augusto de Queiroz.Desses 5 Estados, três deles (MS, PB e SE) tinham representantes na classificação do ano passado e deixaram de figurar na lista deste ano. O caso da Paraíba é o pior. Em 2006, os senadores Efraim Morais (PFL) e Ney Suassuna (PMDB) e o deputado Inaldo Leitão (PL) faziam parte da elite congressista.As novidades em 2007 foram a aparição de representantes dos Estados do Maranhão e do Tocantins. Estão entre os mais influentes do Congresso os deputados Flávio Dino (PC do B-MA) e Eduardo Gomes (PSDB-TO) e as senadoras Kátia Abreu (DEM-TO) e Roseana Sarney (PMDB-MA).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.