Cientista político considera chapa com Lula e Jobim

O cientista político Amaury de Souza, da consultoria MCM, acredita que se o presidente Lula aparecer bem nas pesquisas de intenção de voto de março o PMDB irá apoiar o governo colocando o presidente do Supremo Tribunal Federal Nelson Jobim na chapa de Lula como candidato a vice. "Será uma chapa respeitável", disse Souza à Agência Estado. Caso Lula não tenha bons resultados nas pesquisas, o cientista político acha que o governador do Rio Grande do Sul Germano Rigotto é o pré-candidato com mais chances de vir a ser escolhido pelo partido para concorrer à Presidência.Souza acha que o principal tema dessa eleição será mesmo as denúncias de corrupção envolvendo o governo e em segundo lugar o crescimento econômico. Ele avalia que este ano a política não vai causar turbulência na economia como nas eleições passadas. Souza também considera que são pequenas as chances de Heloísa Helena (PSOL) no pleito. "Acho que o eleitorado vai votar de forma conservadora. Não vai querer grandes mudanças ideológicas este ano", disse, explicando que o motivo disso seria "desilusão com o PT" de quem se esperava essas mudanças.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.