Cidade de Goiás aposta no ouro para reviver prosperidade perdida

Pilar de Goiás, fundada no primeiro ciclo do ouro brasileiro, terá minas reabertas após alta no preço do metal.

BBC Brasil, BBC

31 Maio 2012 | 05h48

Os casarões mal conservados de Pilar de Goiás trazem indícios de que o passado foi mais generoso ao vilarejo que os dias atuais.

Após anos de decadência, no entanto, a cidade oitocentista espera que riqueza escondida embaixo da terra volte a garantir tempos de prosperidade, apostando na retomada da mineração de ouro.

Fundada em 1741, no primeiro ciclo do ouro brasileiro, a cidade goiana terá várias minas reabertas.

O mesmo ocorrerá na emblemática Serra Pelada, no Pará, que se tornou célebre nos anos 1980 com as imagens de homens cavocando suas encostas em busca de pepitas douradas.

A retomada da exploração se explica pela alta no preço do ouro nos últimos anos. A corrida pelo metal também mobiliza garimpeiros nos países vizinhos, como Colômbia e Peru. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.