Cid desiste de ir à convenção do PROS

O governador do Ceará, Cid Gomes, desistiu de ir à convenção nacional do PROS, nesta terça-feira, em Brasília. Será representado por seu irmão, o secretário de Saúde do Ceará, Ciro Gomes.

CARMEN POMPEU, ESPECIAL PARA AE, Agência Estado

24 Junho 2014 | 13h05

De acordo com sua assessoria, Cid desistiu de ir à convenção por recomendação médica. O governador desmaiou domingo, durante discurso na convenção estadual do PDT, em Fortaleza. Ele teve uma queda de pressão, segundo sua assessoria, e foi levado ao hospital. Agora o política descansa em casa. Nessa segunda, Cid não teve agenda pública.

Na delegação cearense também estão o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, o presidente da sigla no Ceará, Danilo Serpa, e os quatro nomes cotados a candidato do PROS à sucessão de Cid: o presidente da Assembleia, Zezinho Albuquerque, o deputado Mauro Filho, o vice-governador, Domingos Filho, e o ex-ministro dos Portos, Leônidas Cristino. Na convenção, o PROS deve confirmar apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff.

Mais conteúdo sobre:
eleições Pros Dilma Cid Gomes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.