Chuva atrapalha festa em Aparecida

A chuva provocou queda no número de romeiros durante o sábado, véspera da festa de Nossa Senhora Aparecida. A previsão segundo a direção da Basílica era de 50 mil pessoas, mas apenas 31 mil compareceram. "A chuva realmente atrapalhou, principalmente a visita de quem mora na região", afirmou padre Joércio Gonçalves Pereira. Os devotos que foram até o Santuário Nacional se surpreenderam com "pouca gente". Por causa do pouco movimento a reclamação entre comerciantes era geral. "O mau tempo atrapalha diretamente as vendas" afirmou a ambulante Maria Lúcia Souza, que estava vendendo terços nas proximidades da Basílica. Entre alguns romeiros que caminhavam pela Dutra para pagar promessa, estava o presidente do Sindicato dos Funcionários da Febem de São Paulo, Antonio Gilberto da Silva. Carregando uma cruz de cerca de um metro e meio e andando pela rodovia deste a última terça-feira, ele contou que foi até o Santuário para pagar uma promessa feita em favor da saúde de um irmão. "Vim agradecer pela saúde de meu irmão. Agora vou fazer uma outra promessa, para resolver o problema da Febem em São Paulo".

Agencia Estado,

11 Outubro 2003 | 18h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.