Chuva adia inauguração de trecho da Ferrovia Norte-Sul no Tocantins

Por ordem do TCU, as obras da ferrovia têm retida mensalmente parte do seu pagamento às empreiteiras desde outubro de 2008

estadão.com.br

23 Março 2010 | 10h59

A forte chuva levou ao adiamento da inauguração nesta terça-feira, 23, do trecho da Ferrovia Norte-Sul que liga o município de Colinas do Tocantins a Guaraí. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou a Palmas por volta das 9 horas, mas não teve condições de prosseguir a viagem por causa do mau tempo. Também estava prevista a participação da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, na cerimônia.

 

Com extensão de 133 quilômetros, o trecho que seria inaugurado foi construído com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que somaram R$ 384 milhões. Com as obras de ampliação e modernização, a Ferrovia Norte-Sul terá 2.254 quilômetros e cortará quatro estados - Maranhão, Goiás e São Paulo, além do Tocantins. O atual traçado da ferrovia é responsável pelo escoamento de 33% da produção agrícola do País. A obra tem suspeita de irregularidade pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

 

Por ordem do TCU, as obras da ferrovia em Tocantins e Goiás têm retida mensalmente parte do seu pagamento às empreiteiras desde outubro de 2008. Uma auditoria constatou sobrepreço, entre outras irregularidades, como preço excessivo de dormentes e pagamento por serviços não realizados, como frete rodoviário para transporte de brita, que estava sendo feito na própria ferrovia no trecho já pronto.

 

Na época, a ferrovia quase entrou na lista de obras suspensas do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Mas o tribunal optou por bloquear 10% dos recursos pagos a cada medição da obra às construtoras. O trecho ainda em construção em Tocantins (cerca de mil quilômetros) está orçado em R$ 2,8 bilhões.

 

Segundo a Casa Civil, serão destinados à obra R$ 6,5 bilhões. Desse total, R$ 5 bilhões serão investidos até o final de 2010 e o restante, no próximo ano. Ainda não foi definida uma nova data para a inauguração do trecho da ferrovia entre Colinas do Tocantins e Guaraí.

 

Com informações da Agência Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.