Choveu três vezes mais que o normal no Sul

As chuvas prolongadas nos últimos dias, na região Sul do país, especialmente em Santa Catarina, fizeram o volume de água na região alcançar índices três vezes maiores que o normal para a região. A avaliação é dos meteorologistas da Secretaria Nacional de Defesa Civil. Segundo a meteorologista do Ministério da Integração Nacional, Cristina Lourenço, o excesso de água tem sido a maior preocupação dos técnicos e das autoridades que monitoram o clima na região. Por causa da frente fria, a Defesa Civil estima estragos em alguns municípios. "Ainda não sabemos quantificar, mas estamos fazendo uma série de levantamentos sobre o excesso de chuvas", disse Cristina. Ela acrescentou que a situação é preocupante também no norte do país, especialmente no Estado do Amapá. "O rio Jari, por exemplo, já passou do limite, e há previsão de mais chuva para o estado", afirmou, acrescentando que a Defesa Civil está monitorando as regiões afetadas para verificar que providências poderão ser tomadas para evitar prejuízos às populações atingidas pelas enchentes. As informações são da Agência Brasil.

Agencia Estado,

09 de maio de 2004 | 14h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.