Chinaglia reprime protesto de deputadas contra Bush

O presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), reprimiu nesta quarta-feira, 7, uma manifestação no plenário da Câmara contra o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, que chega na quinta-feira à noite ao Brasil. Chinaglia pediu que um grupo de deputadas retirasse do plenário a faixa "Bush não é bem-vindo" estendida na frente da Mesa Diretora. Entre os parlamentares que se manifestavam estavam as deputadas do PCdoB Manoela D´Ávila (RS), Vanessa Grazziotin (AM) e Perpétua Almeida (AC), e do PSOL, Luciana Genro (RS).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.