Chinaglia erra o nome do presidente do Senado

A cerimônia de comemoração dos 20 anos da Constituição deve causar uma baixa no cerimonial da Câmara por causa da gafe que o presidente da Casa, deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), cometeu. Ele chamou o presidente do Senado de José Garibaldi Alves, quando seu nome não tem José."Até o meu colega deputado Arlindo Chinaglia, que convive comigo todo dia, me chamou de José Garibaldi", disse o senador, provocando gargalhadas na platéia. Assim Garibaldi, em seu discurso de improviso, tentou justificar o fato de ter trocado o nome do ex-deputado constituinte Egidio Ferreira Lima para Egidio Madruga. Em seguida, Chinaglia foi até Garibaldi para mostrar que a ficha que lia estava errada. "Ele veio me trazer o papel do cerimonial escrito José Garibaldi Alves Filho. Ele quer que eu bote a culpa no cerimonial", emendou, provocando mais risos, para irritação de Chinaglia.Ao final da cerimônia, Chinaglia procurou Garibaldi e, em tom duro, avisou: "Estou tomando providências. Isso não vai ficar assim". Ouviu dele, um "deixa pra lá".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.