Chinaglia deve enviar na terça informações ao STF sobre CPI

O presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT), informou nesta noite que enviará na terça-feira ao Supremo Tribunal Federal (STF) as informações solicitadas pelo ministro Celso de Mello sobre as circunstâncias e as causas da não instalação da CPI do Apagão Aéreo. Chinaglia relatou que fez um primeira leitura do documento de informações, elaborado pela Assessoria Jurídica da Câmara, sugeriu algumas mudanças e, na terça, fará uma avaliação final antes de remeter o texto a Celso de Mello. Os partidos da oposição - PFL, PSDB e PPS - pediram ao Supremo Tribunal que mande a Câmara instalar a CPI. Nesta tarde, Chinaglia criticou a obstrução das votações no plenário e disse que a medida não iria "retardar ou acelerar" o encaminhamento dos dados. Chinaglia tem até quinta-feira para responder ao STF.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.