Chinaglia determina criação de quatro CPIs

O presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), mandou instalar ontem quatro comissões parlamentares de inquérito - sobre o desaparecimento de crianças e adolescentes, a dívida pública, os abortos clandestinos e a violência urbana. Chinaglia ignorou o requerimento que estava em primeiro lugar na "fila", que pedia investigação da compra da TVA pela Telefônica. Depois, reformou sua decisão e determinou o arquivamento da CPI da TVA.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.